18 set

Quais os principais ganhos na implementação da OHSAS 18001?

Uma das formas de empreendedores, que querem estar sempre à frente no mercado, melhorar diversas áreas da empresa é a partir da certificação nas normas da ISO. A OHSAS 18001 é um dos exemplos de normas procuradas quando o assunto é aperfeiçoar o sistema de segurança e trabalho das organizações.

A OHSAS 18.001 refere-se a uma sigla em inglês para Occupational Health and Safety Assessment Series, que traduzido significa Série de Avaliação de Segurança e Saúde Ocupacional.

Ela funciona como uma ferramenta excelente para fornecer orientações sobre as quais uma organização precisa para implantar e ser avaliada, em relação aos procedimentos de saúde e segurança do trabalho.

Essa ferramenta pode ser integrada aos outros sistemas de gerenciamento, como a gestão ambiental, gestão de qualidade, entre outros. Mas vale destacar que sua funcionalidade é independente.

Empresas de todos os tipos têm grande preocupação em apresentar ao mercado, acionistas, empregados, clientes um desempenho consistente em termos de Segurança e Saúde no Trabalho. Para tanto, precisam gerenciar riscos e expandir os efeitos benéficos de suas atividades, produtos e serviços.

Com a constante cobrança das entidades públicas, da sociedade e ainda das leis, vem se atribuindo importância crescente, apontando para a necessidade de um compromisso claro com o tema trabalhista.

Etapas para implementação da OHSAS 18001.

post_1b

As etapas do processo incluem, principalmente:

  1. O desenvolvimento.
  2. O planejamento, com as etapas:
  • identificação de perigos;
  • avaliação dos riscos;
  • determinação dos controles;
  • apontamento dos requisitos legais;
  1. Implementação e operação.
  • definição dos recursos, atribuições das funções, responsabilidades, prestação de contas e de autoridades;
  • definição do quadro de competências, treinamento e conscientização;
  • comunicação (disseminação das informações), definição da participação e consulta aos empregados nas etapas;
  • definição da documentação necessária para inspeções e para execução das ações de SSO;
  • Preparação e resposta a emergências;
  1. Verificação e controle.
  • monitoramento e medição do desempenho;
  • avaliação do atendimento a requisitos legais (e outros);
  • investigação (incidentes, não-conformidades, ações preventivas e corretivas);
  • controle de registros;
  • auditoria interna;
  1. Análise crítica pela direção.

Benefícios da OHSAS 18001 para a empresa e funcionários.

post_1c

  1. Redução de acidentes do trabalho, perigos e paradas de trabalho, através da sistematização das atividades da empresa;
  2. Queda na frequência das doenças ocupacionais;
  3. Evita passivos trabalhistas e ações judiciais, tendo em vista que se obterá maior conhecimento às leis Trabalhistas;
  4. Reconhecimento da empresa perante o mercado, pois a organização estará evidenciando sua responsabilidade com a Saúde e Segurança dos seus trabalhadores;
  5. Aumento da motivação dos trabalhadores, através do envolvimento nos processos de gestão de segurança e saúde ocupacional;
  6. Melhoria do desempenho em geral.

Benefícios para os profissionais da área.

post_1d

  1. Melhora na organização e controle dos relatórios de análises de acidentes, planos de emergências. Conquistando desse modo melhor gerenciamento da saúde e segurança do trabalho;
  2. Mais segurança para os profissionais da área, pois com o controle de registros estabelecidos pelo sistema de gestão, todos estarão resguardados de processos judiciais;
  3. Ter apoio da alta direção através da certificação, pois se a empresa não fizer corretamente gestão de saúde e segurança, pode perder a certificação nas auditorias;
  4. Atualização e aperfeiçoamento constante dos profissionais de Saúde e Segurança do trabalho;
  5. Autoridade e reconhecimento perante o mercado de trabalho.

Como obter a certificação de Saúde e Segurança do trabalho?

Se a empresa já tem a ISO 9001 ou outro sistema de gestão da qualidade, fica ainda mais fácil implementar a OHSAS 18001.

Para aderir à norma, a empresa deverá atender alguns itens:

  • Estabelecer controle de documentos e registros, métodos de controle operacional e de resposta às emergências;
  • Identificar perigos, avaliar riscos e determinar medida de controle;
  • Estabelecer política de Saúde e Segurança do Trabalho;
  • Atender à legislação da Saúde e Segurança do trabalho;
  • Definir a competência e o treinamento necessários aos colaboradores, além de recursos, responsabilidades e autoridade para as atividades ligadas à Saúde e segurança do trabalho;
  • Medir e monitorar o desempenho da Saúde e segurança do trabalho;
  • Estabelecer mecanismos para comunicação, participação e consulta às partes interessadas;
  • Estabelecer um processo de auditoria interna e análises feitas pela direção;
  • Estabelecer métodos para avaliar incidentes, não conformidades, ações corretivas e preventivas.

E ainda, é necessário que a empresa passe pelas fases de avaliação formal do projeto, e revisão formal do projeto do sistema, auditoria de implementação e endosso do sistema, para conseguir a certificação.

Após a obtenção da certificação, deverá ser realizada a fiscalização e manutenção da certificação, com auditorias de verificação que são feitas a cada seis meses. A certificação em OHSAS 18001 é válida por três anos. Após esse tempo, é exigida uma reavaliação completa do sistema.

Novidade!

post_1e

Você já sabe que a OHSAS será substituída pela ISO 45001?

Isso mesmo! A nova norma será publicada em breve. Ainda não há uma data estipuladas para a transição, mas a partir da mudança, a OHSAS será descontinuada. A ISO 45001 é uma norma internacional destinada a ajudar as organizações a melhorar o seu desempenho em segurança e saúde no trabalho.

Esclarecemos que as empresas certificadas pela OHSAS 18001 terão um período de três anos a partir da publicação da nova norma para se adequarem.

A nova norma estará alinha às novas versões da ISO 9001 (Gestão da Qualidade) e da ISO 14001 (Gestão ambiental), que também estão sendo renovadas.

Saúde e Segurança ocupacional é uma prioridade em todo o mundo, devido às consequências devastadoras que acidentes com funcionários, que infelizmente ainda acontecem.

O Comitê de Projetos ISO PC 283 está trabalhando atualmente com 50 países e organizações internacionais, incluindo a Organização Internacional do Trabalho, para desenvolver uma norma capaz de melhorar os aspectos de Saúde e Segurança Ocupacional para todos.

Fonte. ABNT NBR ISO 18.001:2007.

related posts